Log in

Homem é barrado de ser padrinho em igreja católica

Não adianta o papa pedir, alguns padres católicos ainda vivem na Idade Média. Quem percebeu isso foi o português Miguel Alcaide, 45, de Praia de Mira, Portugal, que foi convidado para ser padrinho de crisma de um adolescente institucionalizado em uma instituição religiosa. Horas antes da cerimônia, foi informado que não poderia ser o padrinho por ser casado com outro homem. Depois de apresentar a certidão de crisma, conforme solicitado, o homem acusa a Igreja de “discriminação e homofobia” e vai apresentar queixa no Ministério Público. “Fiquei indignado, chocado e revoltado”, disse o homem que é servidor público há mais de 10 anos na Assistência Social na Câmara Municipal de Mira. “Não podemos ficar calados. Temos que começar a dizer um basta. Há outras pessoas a quem isto acontece”, afirmou o homem.

 Revista LadoA

24°C

Caruaru

Mostly Cloudy

Humidity: 59%

Wind: 22.53 km/h

  • 16 Aug 2017 24°C 16°C
  • 17 Aug 2017 23°C 16°C
Banner 468 x 60 px