Log in

Sucesso nos Jogos do Rio, festival de filmes de esporte ganha segunda edição

No ano passado, o evento integrou a programação cultural dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Um ano após o sucesso da edição inaugural, o CineEsporte Festival está de volta e, nesta quinta-feira (26), deu a largada para uma maratona, que vai até a próxima segunda-feira (30), com a exibição de 26 filmes esportivos, entre ficções, documentários e animações, todos com entrada gratuita e alguns deles raras produções nacionais e internacionais.

Nesta edição, o evento, que também será realizado em São Paulo, em novembro, tem como sede o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), local das mostras competitivas, cerimônias de abertura, encerramento e entrega de prêmios. O festival conta com mais dois espaços de exibição: o Centro Cultural Justiça Federal, no centro, e o Ponto Cine, em Guadalupe, na zona norte da cidade.

Foram selecionados filmes que abordam 13 modalidades esportivas e expressam as principais tendências e narrativas da produção mundial do gênero. Ao todo, 24 filmes integram a mostra competitiva, que premia com troféu as melhores obras de curta-metragem e de longa emédia-metragem, exclusivamente por meio de voto popular. São 12 filmes nacionais e 12 internacionais, oriundos da Itália, França, Rússia, Espanha, do Irã, dos Estados Unidos, da Argentina, e do Nepal e de uma co-produção Espanha/ Japão.

“Além de contribuir para a diversificação do cinema com temática esportiva, o festival, com entrada franca, proporciona uma janela de exibição de produções que raramente chegam às salas comerciais. Assim, a mostra surge como uma plataforma de exibição, circulação e difusão destes filmes, explicou o diretor do CineEsporte, Antonio Leal. Ele também destaca o rico intercâmbio que o evento proporciona com o cinema de esporte internacional, já que produções de 10 países também integram a seleção.

Na sessão de abertura, foi exibido em première mundial o documentário Heróis, de Cavi Borges. O filme mostra a trajetória de atletas como a judoca Rafaela Silva (campeã olímpica e mundial, medalha de ouro nos Jogos Rio 2016) e Rogério Sampaio (campeão olímpico em 1992) e do congolês Popole Misenga, integrante da primeira equipe de refugiados a disputar uma competição olímpica, em 2016.

A programação completa, com horários e locais de exibição, está disponível no sitewww.cineesporte.com.

Agência Brasil

20°C

Caruaru

Partly Cloudy

Humidity: 95%

Wind: 17.70 km/h

  • 24 Nov 2017 27°C 20°C
  • 25 Nov 2017 27°C 18°C
Banner 468 x 60 px