Log in
  • Cunha diz à PF que seu silêncio nunca esteve à venda e que Temer não o procurou

    O ex-presidente da Câmara deputado cassado Eduardo Cunha disse ontem (14), em depoimento à Polícia Federal (PF), que o seu silêncio “nunca esteve à venda”, em referência à denúncia feita por Joesley Batista em acordo de delação premiado assinada com a força-tarefa da Operação Lava Jato.

  • Moro condena Cunha a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem e evasão de divisa

    O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, condenou hoje (30) o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha a 15 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Além da reclusão, foi fixada uma multa de mais de R$ 250 mil a ser paga pelo ex-deputado.

  • Moro diz que cassação de Cunha não foi suficiente

    O juiz federal Sérgio Moro disse hoje (19) que a perda do mandato do ex-deputado federal Eduardo Cunha não foi "suficiente para evitar novas obstruções" às investigações da Operação Lava Jato. A afirmação está na decisão na qual o juiz decretou a prisão de Cunha por tempo indeterminado. O ex-parlamentar foi preso hoje em Brasília e transferido para a carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

  • STF marca depoimentos de cinco delatores da Lava Jato em ação contra Cunha

    O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou os depoimentos de cinco delatores da Operação Lava Jato na ação penal em que o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) responde pelo recebimento de R$ 5 milhões de propina em contas não declaradas na Suíça. As testemunhas são de acusação e foram arroladas pelo Ministério Público Federal (MPF).

  • STF nega recurso para retirar de Moro processo contra mulher e filha de Cunha

    O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso para retirar do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, a competência para julgar a mulher e a filha do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O julgamento ocorreu durante a sessão que julga abertura de ação penal contra o parlamentar.

    A defesa dos parentes de Cunha alegou que, apesar de não terem foro por prerrogativa de função no STF, Cláudia Cruz e Danielle Cunha, mulher e filha do deputado, respectivamente, devem responder às acusações na Corte, devido à ligação dos fatos.

  • Supremo já pode encaminhar processo contra Cunha para Moro

    O texto da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que tornou réu na Operação Lava Jato o ex-deputado Federal Eduardo Cunha foi publicado  no Diário da Justiça Eletrônica (DJE). Com a publicação do acórdão, o processo poderá ser enviado para o juiz Sérgio Moro, responsável pela operação na primeira instância.

  • Teori nega pedido e mantém com Moro inquérito contra esposa e filha de Cunha

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, rejeitou um pedido feito pela defesa do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), para que a investigação feita contra a esposa e a filha do parlamentar, que tramita na 13ª Vara Federal em Curitiba, fosse enviada ao STF.

  • Teori Zavascki vota a favor da abertura de ação penal contra Eduardo Cunha

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki votou hoje (22) a favor da abertura de ação penal contra o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por recebimento de propina em contas não declaradas na Suíça. Faltam os votos de dez ministros.

    Se a maioria do colegiado acompanhar o ministro, que é relator da denúncia, Cunha passará à condição de réu e vai responder pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas na Operação Lava Jato.

25°C

Caruaru

Mostly Cloudy

Humidity: 59%

Wind: 35.40 km/h

  • 21 Oct 2017 26°C 18°C
  • 22 Oct 2017 26°C 17°C
Banner 468 x 60 px