Log in
  • Custo da construção civil sobe 0,2% de junho para julho

    O Custo da Construção Civil no país cresceu 0,2% de junho para julho. O dado é do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), divulgado hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor do metro quadrado da construção ficou em R$ 1.009,76 em julho, acima dos R$ 1.007,75 de junho.

  • Desemprego chega a 11,2% no trimestre e atinge 11,4 milhões de pessoas

    A taxa de desemprego no Brasil, medida pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, ficou em 11,2% no trimestre encerrado em maio deste ano. Ela é superior aos 10,2% de fevereiro e aos 8,1% do trimestre encerrado em maio de 2015, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é o mais alto da série histórica iniciada em março de 2012 e o mesmo do trimestre encerrado em abril deste ano

  • IBGE: inflação sobe 0,47% para as famílias de menor renda

    A inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que abrange a variação de preços para as famílias de menor renda (de 1 a 6 salários) fechou junho com alta de 0,47%. Embora a taxa tenha sido quase a metade da alta de 0,98% de maio, é 0,12 ponto percentual superior à alta do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que abrange as famílias de maior renda (até 40 salários) e que encerrou junho com variação de 0,35%.

  • IBGE: leite e feijão respondem por quase metade da inflação de julho

    Mais uma vez, os preços dos alimentos foram determinantes para a alta da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A pesquisa foi divulgada hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sozinho, o grupo já acumula alta de 8,79% de janeiro a julho.

  • IBGE: Negros são 17% dos mais ricos e três quartos da população mais pobre

    Entre 2005 e 2015, aumentou o número de negros entre os brasileiros mais ricos, de 11,4% para 17,8%. Apesar disso, a população branca ainda é maioria – oito em cada dez – entre o 1% mais rico da população.

  • Mulheres trabalham cinco horas a mais e ganham 76% do salário dos homens

    O crescimento econômico do Brasil na última década não se refletiu em mais igualdade no mercado de trabalho. Com ou sem crise, as mulheres brasileiras continuam trabalhando mais – cinco horas a mais, em média – e recebendo menos.

  • Pesquisa do IBGE mostra trabalho invisível feito em 2016 no país

    No ano passado, 6,3% dos 166,7 milhões de brasileiros de 14 anos de idade ou mais - o equivalente a 10,5 milhões de pessoas - trabalhavam na produção para o próprio consumo, voltada para uso exclusivo dos moradores do domicílio ou de parentes que viviam em outra moradia. É o que mostra a pesquisa Outras Formas de Trabalho 2016, divulgada hoje (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

23°C

Caruaru

Mostly Cloudy

Humidity: 76%

Wind: 22.53 km/h

  • 11 Dec 2017 31°C 20°C
  • 12 Dec 2017 30°C 20°C
Banner 468 x 60 px